A Lavagem por Hidrojateamento emprega equipamento de tecnologia alemã para a limpeza interna de tanques de combustíveis, similares e outros: canaletas, dutos, pisos industriais, máquinas de grande porte, caixas separadoras, box de lavagem de veículos, ETEs, pisos de embarcações, entre outros.


Realizado por uma equipe de profissionais altamente treinada e capacitada, oferece ao cliente a garantia e segurança necessárias para a perfeita execução do trabalho, mantendo a empresa em conformidade com as exigências dos órgãos ambientais.

 

Some-se ainda o fato de o serviço ser realizado por completo, isto é, além da limpeza do tanque também é efetuado o  descarte dos resíduos. A Supply Service possui instalações e equipamentos para tratar corretamente os resíduos e a  água removidos dos tanques, além de ter todas as licenças necessárias da CETESB para a destinação dos resíduos.

 

O Hydrojetting Supply é uma  Unidade Móvel da Supply Service que permite seu acoplamento à qualquer outro veículo  da empresa, oferecendo maior agilidade na execução dos serviços que necessitam de alta pressão e de grandes  volumes de água.

 

  • Resíduos removidos: borra de combustível e de óleo lubrificante, ferrugem, com possibilidade de análise sobre outros  tipos de resíduos.

  • Tipos de Tanques: tanques de combustível e outros materiais, subterrâneos ou de superfície, horizontais ou verticais,  com ou sem bocas de inspeção.

NOSSOS SERVIÇOS      
   Coleta e reciclagem de produtos contaminados com óleo
Lavegem por Hidrojateamento
 
Pé de Planta

TANQUE DE COMBUSTÍVEL

Cuidados importantes com o Tanque de Combustível
Pé de Planta

Perceba como uma atividade supostamente simples e cotidiana para a maioria, na verdade, oferece muitos riscos. É comum nos depararmos com postos de combustíveis reabastecendo seus tanques com aqueles caminhões que descem enormes mangueiras a despejar o produto para os reservatórios subterrâneos.

 

Mas o que acontece com os tanques se não forem bem cuidados? Riscos enormes de segurança para a população e para o meio ambiente. Afinal, tais reservatórios de combustíveis acumulam produtos e gases inflamáveis e tóxicos. Assim, estejam cheios, com capacidade parcial ou vazios, exigem cuidados especiais, pois estão sujeitos à corrosão, são passíveis de explosão, podem contaminar o solo e lençóis freáticos, entre outros problemas impactantes à vida.

 

Por essa razão o comércio de combustíveis, óleo lubrificantes e derivados é regulado por severa e rigorosa legislação especial em âmbito federal, estadual e municipal, regendo os deveres e obrigações ambientais desse tipo de atividade. Tais normas, além de considerar a Logística Reversa, onde toda a cadeira de valor (produtor, distribuidor, revendedor e comprador) é responsável pela destinação final do produto e seus componentes, estabelecem ainda as regras para instalação e manutenção dos reservatórios, que devem estar sempre em excelentes condições.

Trabalho Especializado

Conforme a Resolução Nº 273 de 29 de Novembro de 2000 publicado pelo Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), toda e qualquer instalação e sistemas de armazenamento de derivados de petróleo e outros combustíveis, que podem gerar poluição parcial ou até mesmo causar acidentes ambientais, devem possuir em suas instalações o sistema de separador de óleo. Ao obrigar que todos os postos de revenda de combustíveis estejam ambientalmente adequados, a lei obrigou também, por consequência, que esses reservatórios estejam em perfeitas condições de uso e que sua manutenção seja monitorada.

 

Segundo David de Siqueira Andrade, Diretor-Presidente da Supply Service, “a limpeza interna de tanques de combustível e caixas separadoras deve ser realizada por empresas especializadas, que treinam e capacitam constantemente seus profissionais, que utilizam tecnologia de ponta e que, principalmente, respeitam o meio ambiente e a vida humana”. O empresário e químico salienta que tal cuidado deve se estender também à manutenção e lavagem de pisos industriais, máquinas de grande porte, canaletas, dutos, box de lavagem de veículos, ETEs, pisos de embarcações, entre outros.

 

Mas o trabalho de manutenção não fica restrito à somente à limpeza dos tanques. “Além da lavagem, também é obrigatório efetuar o descarte correto dos resíduos. A Supply Service possui instalações e equipamentos para tratar corretamente os resíduos e a água removidos dos tanques, além de ter todas as licenças necessárias dos órgãos ambientais para a destinação de 100% dos resíduos”, complementa Andrade.

 

Pensando sempre em atender com qualidade, eficiência e agilidade, a Supply Service desenvolveu e patenteou o Hydrojetting Supply, uma Unidade Móvel que permite seu acoplamento à qualquer outro veículo da empresa, oferecendo maior agilidade na execução dos serviços que necessitam de alta pressão e de grandes volumes de água para limpeza. Some-se ainda a frota própria composta por mais de 80 caminhões e as 04 unidades fabris estrategicamente localizadas para atender as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país.

 

No segmento de limpeza de tanques, caixas separadoras e afins, diversas empresas que dividem este mercado não agem assim, pois partem do pensamento que quem tem de ter a licença ambiental seria apenas o recebedor dos resíduos e não o posto, empresa, concessionária ou transportadora. Esse argumento é muito utilizado para enganar os menos avisados. “Portanto, antes de contratar qualquer empresa para cuidar da lavagem e do resíduo do reservatório de combustível ou caixa separadora, veja a procedência e se ela possui a licença correta para prestar esse serviço. Caso não exista esse cuidado, seu estabelecimento poderá ser multado e até ter a licença cassada por uma irresponsabilidade ambiental”, esclarece.

 

Por fim, aconselha o químico David Andrade, que atua há 25 anos nesta atividade, na dúvida, consulte sua agência ambiental. “Também não esqueça de pedir os comprovantes de limpeza e destinação dos resíduos; ele é a sua garantia quando feito com empresas devidamente capacitadas e licenciadas para este trabalho”.